Um espaço de criatividade, aprendizado e inovação acessível a todos os interessados em desenvolver e construir projetos, utilizando processos

colaborativos de criação e compartilhamento do conhecimento. Assim será o Fab Lab que o PTS (Parque Tecnológico de Sorocaba) pretende inaugurar às 9h da próxima quarta-feira (21).

O presidente do PTS, Roberto Freitas, explicou que o projeto – um dos principais e mais importantes deste ano – saiu do papel graças à parceria com o Sesi de Sorocaba. Os recursos para a implantação do Fab Lab foram divididos entre as duas instituições.

Ainda conforme ele, a intenção é colocar este grande laboratório aberto em funcionamento ainda este mês. “Com a inauguração do Fab Lab do Parque Tecnológico, teremos três em Sorocaba [os outros estão na Facens e no Sesi]. Um feito inédito no país”, afirma.

Roberto Freitas disse que o Fab Lab será voltado para a prototipagem de startups, pequenas empresas e também para a comunidade em geral. A ideia é oferecer os mais variados cursos de inovação e de tecnologia, como montagem de drones, operação de impressora 3D e arduíno (plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única).

O Fab Lab do PTS é um laboratório de conceito mundial que poucas cidades têm – apenas as grandes capitais – e estará interligado com outros de todo o mundo. O objetivo também é criar a Fab City para trocar informações com outros municípios que possuem potencial de desenvolvimento “Vamos prestigiar a produção local para transformar Sorocaba numa cidade autossuficiente e conectada”, afirma.

Em julho do ano passado, Sorocaba foi eleita uma das três cidades do Brasil a fazer parte do projeto Fab City pelo Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha, pelo Centro MIT para Bits e Átomos e pela Fundação Fab, instituições internacionais que formam o Grupo Fab City. Além de Sorocaba, fazem parte deste seleto grupo Curitiba e Belo Horizonte.

A finalidade de uma Fab City é desenvolver cidades totalmente produtivas e globalmente conectadas, com habitantes que partilham conhecimentos para resolver os problemas no próprio bairro. Na prática, isso significa que Sorocaba estará interligada com os principais municípios com alto índice de desenvolvimento, criando uma rede inovadora e autossuficiente em ciência e tecnologia.

A Fab City é um projeto global lançado em 2011, de formato descentralizado e aberto com ações propostas para que as cidades se tornem autossuficientes até 2054, ano que Sorocaba irá comemorar seu quarto centenário. “Barcelona (Espanha), Boston e Detroit (Estados Unidos), Cambridge (Inglaterra), Amsterdam (Holanda), Paris (França) e Santiago (Chile) já são Fab Cities”, conclui o presidente do PTS.

Laboratório de Vídeo e Imagens

Também na próxima quarta-feira (21), o Parque Tecnológico inaugura o Laboratório de Vídeo e Imagens que será voltado para o uso de empreendedores e sociedade em geral. A solenidade está marcada para as 10h e o projeto tem a parceria do IFSP.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*