O pontapé inicial do Programa de Aceleração 2019/2020, mantido pela prefeitura, por meio do PTS (Parque Tecnológico de Sorocaba), será dado nesta sexta-feira (30), às 19h30, com um evento de boas-vindas que deve reunir os representantes das 80 startups selecionadas para participar de três etapas distintas do processo.
O primeiro deles, chamado de Idea Lab, é voltado àqueles que possuem uma ideia que ainda não saiu do papel. Assim, precisam do Parque Tecnológico para dar os primeiros passos. “São 20 empresas que vão participar de um programa mensal e ter o primeiro contato com a metodologia que deve fazer a ideia evoluir para um projeto”, explica a analista de aceleração do PTS, Ana Geórgia Damasceno Barbosa.
Estão neste programa as seguintes startups: Aplicativo para gestão de produtividade para processos logísticos; Bigudis; Captme; Cargo; Demora Pouco; DMC Gás Seguro; Easy Fest; Ecobin; EDMS (Engineering Design & Manufacturing Solutions); Estação Fixa e Remota para Pouso e Decolagem de Drones; Gerar.me; Hands; Incluir dá…; New Platform: Competence in Focus; Pinkme; Save me; Slim IoT; Souart; Jessica Cruz; Alexandre Lima e Jamil Victor de Oliveira Mariúba.
O segundo projeto se chama Pré-Speed, será realizado a cada dois meses e meio e vai reunir 30 empresas que já têm um negócio rodando e que necessita de ajustes para que possa ser incluído no Programa de Aceleração. “São dez semanas com mentorias técnicas, oficinas, palestras e a possibilidade de usar a estrutura do Parque Tecnológico”, acrescenta Ana Geórgia.
Para isso, foram selecionas as startups: Acessa EPI; Agrilocal; AlôDoutor;
Apolus; Arbo; Biumy; Busca Bola; Cizino; EcoCasa 4.0; Game Líder Aprendiz; Hub Lar; La Car; Letramento Digital; LowTax; My Home Yours; Peluqueros na WEB; Personal Motors; Recicl@-Log; Refrisat; Speed Trader; Three Tech; Tisec; Encontre Cursos; RIT; Mundo Erótico; Buscatudobr e ERP Ambiental.
Já o Programa de Aceleração 2019/2020 teve 183 inscritos. Assim, o PTS teve de selecionar 30 dos mais variados segmentos, entre eles saúde, telecomunicações e construção civil, e agora vai oferecer apoio aos que estão num estágio mais avançado – no mesmo grau de maturidade, como faz questão de ressaltar o presidente do PTS, Roberto Freitas.
Serão 12 meses de atividades onde estão incluídos 15 temas técnicos e variados a serem aplicados por mentores de renome nacional e internacional. Também haverá um encontro de empreendedores para discutir problemas e ideias. “Nosso objetivo é fazer com que todas as startups saiam prontas para o mercado e movimentem a economia da Região Metropolitana de Sorocaba”, afirma a analista de aceleração do PTS.
As selecionadas são: Abrigo Único Telecomunicações; AcademicPass; Amaterno; App Sistema Gestão; Boleto no Cartão; BrickBe; Car Cast; Cardápio Fácil; Cidade Inteligente; Credibank; D’Era Saúde; EscriturÁgil; FALA Education; Global Data; Guiaponto; Iggdrazil; Kiron Soluções; Kolaborah; Leads Cards; Live Campus; Ops! Cresci; SafetyBaby; Seagull Comics; SensaIOTech; SkyPet; TrioGroupMe; Vein; VFin; Web-Ótica e Zelar.
O evento
O evento da noite desta sexta-feira (30) tem como objetivo, além de dar as boas-vindas aos representantes das startups, inclusive com a entrega de kits, apresentar o Parque Tecnológico e promover o network entre os participantes.
O presidente do PTS vai mediar um encontro entre três empreendedores que já passaram pelo processo de aceleração. “A ideia é que eles contem um pouco da experiência àqueles que estão chegando”, diz Ana Geórgia. “O ciclo de aceleração 2019 e 2020 vai ser sensacional. Nunca tivemos tantas empresas e startups interessadas em participar deste processo. Isso mostra que o trabalho que está sendo realizado está no caminho certo”, finaliza Roberto Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*