Alunos de escolas públicas e particulares da cidade participaram sábado (5), no PTS (Parque Tecnológico de Sorocaba), da primeira seletiva à Copa Sorocabana de Foguetes. As disputas foram nas modalidades água e vinagre. Nelas, os participantes tinham de lançar os foguetes – feitos com garrafas de plástico – a 45 graus e os que atingiam a maior distância horizontal eram declarados vencedores.

Os ganhadores da modalidade água foram: Escola Municipal Quinzinho de Barros, Escola Municipal Matheus Maylasky, Instituto Imaculada Conceição, Escola Municipal Edemir Antônio e Escola Municipal Getúlio Vargas. Já na modalidade vinagre: Colégio COC, Matheus Maylasky, Colégio Politécnico e IFSP Sorocaba.

Essas unidades de ensino já estão classificadas para o evento nacional marcado para março do ano que vem. “Mais de 200 estudantes da rede de ensino de Sorocaba estiveram presentes na primeira etapa”, acrescenta o presidente do PTS, Roberto Freitas, que acompanhou as disputas de perto.

O coordenador geral da Copa Sorocabana de Foguetes e idealizador do projeto, Henrique Salles Souza Duarte, da Fundação Synergy Aerospace, adianta que a próxima seletiva será em 23 de novembro, novamente no Parque Tecnológico.

Já o relações institucionais da 1ª Copa Sorocabana de Foguetes, Ronaldo Pereira Matos, explica que a competição é semelhante às organizadas pela OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica). Ainda segundo ele, também em 2020 está previsto a realização do EREA (Encontro Regional de Ensino de Astronomia), evento itinerante organizado pela OBA e focado na capacitação de professores, por meio de um processo de imersão que vai durar três dias. “A OBA pretende transformar Sorocaba em um polo de estudos astronômicos, possibilitando que novos talentos sejam descobertos”, ressalta Roberto Freitas.

Para Ronaldo Matos, o apoio do PTS, que cede a estrutura e os recursos necessários para o lançamento dos foguetes, é essencial na realização dos eventos. “Essas seletivas têm como objetivo preparar, motivar e garantir a vaga de equipes da região de Sorocaba na 1ª Copa Sorocabana de Foguetes e o Parque Tecnológico tem papel fundamental em todo este processo”, conclui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*