A StartMeUp (SMUP), startup que recebe apoio da Prefeitura de Sorocaba por meio do Parque Tecnológico, foi uma das empresas selecionadas para participar do programa de aceleração da Cervejaria Ambev para projetos de desenvolvimento sustentável. Mais de 400 empresas espalhadas pelo país se candidataram ao processo de seleção, mas apenas 21 foram aprovadas, entre elas, a StartMeUp.

A SMUP é uma empresa especializada em monitoramento de máquinas e linhas de produção. Seu software de controle e planejamento gera diagnósticos e notificações online e em tempo real do status da produção, ajudando os clientes a tomarem decisões ágeis, reduzindo desperdícios de materiais e evitando assim descartes desnecessários de resíduos no meio ambiente.

“Nossa empresa começou como uma consultoria de melhoria de processos. Em julho de 2017, projetamos nosso sistema SOEE para a Gerdau Cosigua, do Rio de Janeiro. Foi quando notamos que aquele projeto poderia se tornar um produto escalável e com muito mercado a ser explorado. Então mudamos o modelo de negócio e passamos a focar na melhoria do nosso sistema”, explica Diogo Mac-Cord, fundador da startup juntamente com os sócios Arlete Schleider e Washington Peroni.

A StartMeUp foi selecionada na categoria “Empreendedorismo para ecossistema sustentável”, e o próximo passo na aceleradora será dado em 7 de janeiro, quando começarão as mentorias com a equipe especializada da Cervejaria Ambev. Já o pitch final será no Demo Day, no primeiro semestre de 2019, em que serão apresentados os resultados do piloto a fundos de investidores de alto impacto.

Sobre o programa de aceleração

Com apoio institucional do Pacto Global, iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU), o programa engloba dez desafios, entre eles: conservação dos recursos hídricos, criação de tecnologia para agricultura sustentável, incentivo à agricultura circular, soluções para produção de cerveja, redução do carbono da atmosfera e estímulo à logística ecológica.

A Aceleradora Ambev faz parte da plataforma 100+, lançada recentemente pela companhia com a missão de reunir ações de impacto positivo para construir um legado sustentável para a sociedade e o meio ambiente pelos próximos 100 anos e mais. Neste sentido, foram procuradas startups que pudessem contribuir para o enfrentamento dos principais desafios da sociedade hoje e para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

De acordo com a companhia, priorizou-se jovens empresas que demonstraram sucesso na forma de propriedade intelectual, receita, clientes, pilotos ou contratos. As empresas foram selecionadas de acordo com a compatibilidade com os desafios propostos, potencial de sucesso, equipe, experiência no mercado e capacidade de executar um projeto piloto em diferentes partes do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*